Flavia's FotoPage

By: Flavia Barros

[Recommend this Fotopage] | [Share this Fotopage]
[<<  <  [1]  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  >  >>]    [Archive]
Tuesday, 8-Mar-2011 10:51 Email | Share | | Bookmark
30 anos

o destaque da década :)
Pronto. Sou a mais nova balzaquiana da área. Neste momento estou num dos lugares que mais gosto: a redação de um veículo de comunicação. Lugar que escolhi trabalhar ainda aos 14 anos... Desde então nunca me vi sendo outra coisa que não jornalista.
Que balanço fazer dos últimos 10 anos? É, a coisa tá feia, antes fazia o balanço anual, mas, com o avançar da idade, é feito a cada década. A última foi muito, muito intensa. Vivi experiências que vão marcar para sempre a minha vida. Tive alguns amores, algumas perdas, algumas desilusões e decepções, mas elas só ajudaram a apimentar a minha rotina! Porque, sobretudo, amei a vida na última década. Fiz duas faculdades, a vida me deu amigos excepcionais, trabalhei sempre no que amo, morei na Espanha, fui mãe, mudei de cidade. Ser mais resumida? Impossível. Minha vida nos últimos 10 anos não caberia em tão poucas palavras.
Só desejo que eu continue a amar a vida, que não deixe o otimismo que me move se transformar em qualquer que seja o sentimento. Quero viver eternamente observando a beleza que há na simplicidade dos gestos, das cores e formas do mundo, das pessoas. Quem faz parte da minha vida sabe... Amo, amo e amo.


Sunday, 30-Aug-2009 14:48 Email | Share | | Bookmark
Sampa...

São Paulo. A cidade do "caos organizado" onde a riqueza e a pobreza atingem extremos formando o painel nacional de desigualdade ainda mais evidente, latente, vivo, pulsante.


Sunday, 30-Aug-2009 14:13 Email | Share | | Bookmark
Asas de aço...

 
Já se passou quase dois meses... Mas está latente em mim a sensação definitiva "saí do ninho". Apesar de já viver praticamente sozinha há 10 anos, na casa que meu pai comprou para ser a casa da família e tudo tomou caminhos e proporções tão inesperadas...Só agora senti meu vôo, a partida...
Foi em 9 de julho. A despedida foi no aeroporto de Petrolina. Só eu, meus pais e Sophia. Netinho tinha provas e minha irmã, que nem se despediu de mim, pôde ir. A dor que senti ao abraçar meus pais foi imensa, foi dor de separação, dor de "eu te amo tanto, devo minha vida a vcs e nem sei qdo vou poder abraçá-los de novo". Algumas vezes na vida meus pais me magoaram, mas nenhuma dessas vezes se compara ao amor que sinto por eles.
E assim parti, mais uma vez...Mas dessa vez foi diferente...as minhas asas de aço (foi o que senti a caminho do avião) dessa vez me conduziriam a uma mudança definitiva, uma etapa de vida na qual entrei, meio que inusitadamente, mas que foi minha opção.
Lamento tanto por essa distância física...tanto por ter me desentendido com Ticinha, por ter criado uma expectativa em relação à ela que foi quebrada por atitudes que eu não esperava...
E agora?
Agora tento viver e não perder as esperanças de que as coisas vão melhorar. Com meu amor por vcs inabalado.

FB.


Thursday, 9-Apr-2009 12:14 Email | Share | | Bookmark
etapas...

 
 
 


Wednesday, 8-Apr-2009 18:51 Email | Share | | Bookmark
...

Qdo a gente pensa q a vida é um forte, ela se mostra de cristal
Ai, o amor...
Sentimento que todos buscam, muitos pensam ter encontrado, mas poucos o sentem de fato. O amor verdadeiro, aquele incondicional, o que nunca cansa, não desiste jamais! Aquele que cega o interesse por qualquer outra pessoa que não seja o alvo...Que ignora a distância, que não se vinga... Um dia pensei ter achado esse amor, esse tal que não desiste, que persiste... Mas quando eu imagino que o luto existe, a cama já está novamente quente e a sorte lançada, a sorte que esconde a covardia. Ou não seria covardia, apenas não era o TAL amor?


[<<  <  [1]  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  >  >>]    [Archive]

© Pidgin Technologies Ltd. 2016

ns4008464.ip-198-27-69.net